Adestramento de Cães de Guarda em Cruz Alta RS - Centro Canino WalkerDog

Título: Centro Canino WalkerDog - Adestramento de Cães de Guarda
Criado em 25/05/2017 - Publicado em - Atualizado em 23/09/2021
Centro Canino WalkerDog
Centro Canino WalkerDog

Centro Canino WalkerDog - Adestramento de Cães de Guarda em Cruz Alta RS


Adestramento de Cães centro canino walkerdog Está precisando adestrar seu cão para guarda e mora em Cruz Alta RS? Conheça o Centro Canino Walker Dog.

Com a crescente violência, o despreparo da segurança pública e privada, estamos cada vez mais desprotegidos.

Cães são auxilios indispensáveis na segurança, não temendo arma de fogo, não aceitando suborno e treinado são poderosos guardiões contra invasores. Veja como um cão pode proteger sua família

O WalkerDog Escola de Adestramento oferece aos seus clientes e amigos um moderno método de adestramento de cães.

Seu cão aprende um jeito positivo e alegre, com resultados impressionantes. Nós trabalhamos com qualquer raça ou idade e preparamos cães para variadas modalidades e situações.

Contamos com uma equipe altamente qualificada e um amplo espaço para melhor receber nossos hóspedes. O melhor time, para seu “melhor amigo”.

Dados para contato e localização do Centro Canino Walker Dog - Adestramento de Cães em Cruz Alta Rio Grande do Sul

Adestramento de Cães de Guarda em Cruz Alta Rio Grande do Sul
Cidade: Cruz Alta
Estado - País: Rio Grande do Sul - BRA
Telefone: (51) 99761-3537 e (51) 99914-2232
Email : thabatanunes.adestramento@gmail.com
Url:

O que é adestramento canino?

Adestrar é treinar para que fique hábil para realizar determinado trabalho ou ação.

No adestramento canino, são ensinados "comandos" ao cão, que passa a responder a determinadas palavras ou gestos através de comportamentos e/ou movimentos específicos. Aos donos é ensinado como proceder na execução dos comandos para ser atendido prontamente pelo cão. Através desta melhora da comunicação entre humano e cão consegue-se um resultado surpreendente no relacionamento entre ambos, tornando a convivência tranquila, saudável e prazerosa.

No CCWD trabalhamos com adestramento de cães em Obediência, Proteção e Guarda, Recusa de Alimentos ou Anti-envenenamento e Resolução de Problemas Comportamentais.

Serviço de Adestramento Canino de Proteção e Guarda em Cruz Alta RS

ADESTRAMENTO DE CÃO DE GUARDA DE PERÍMETRO (PÁTIO):

O adestramento em guarda de perímetro consiste em condicionar o cão para guardar, alertar sobre possíveis ameaças e responder com ataque a invasões do perímetro.

O cão aprende a exercer o ataque (morder) de maneira correta e imobilizar o invasor.

Este pacote é para animais que já tenham concluído o adestramento básico e depende da capacidade do animal para a função.

Tempo médio de adestramento: 30 a 45 dias após a obediência básica.

ADESTRAMENTO DE CÃO DE GUARDA SOB COMANDO:

O adestramento em guarda sobcomando consiste em condicionar o cão para agir sob o comando do condutor, tornado-se defensor do condutor mediante ordem de cuidado, ataque, permissão para aproximação de estranhos e outras. Nesta modalidade de adestramento o cão aprende a potencializar sua mordida para imobilização do suspeito e também aprende a interromper o ataque quanto ordenado pelo condutor. O cão será condicionado para atacar somente sobcomando quando estiver junto com o condutor e o condutor será condicionado a exercer a autoridade necessária sobre o cão.

Este pacote é para animais que já tenham concluído o adestramento básico e depende da capacidade do animal para a função.

Tempo médio de adestramento: 30 a 45 dias após a obediência básica.

Serviço de Adestramento Canino Recusa de Alimentos em Cruz Alta RS

RECUSA DE ALIMENTO OU ANTI-ENVENENAMENTO:

O adestramento em recusa de alimentos consiste de condicionar o cão para receber alimentação somente em local especifico e por determinadas pessoas, evitando assim o envenenamento acidental ou criminoso do animal. O cão não comerá alimentos achados ou oferecidos por estranhos, desde que mantida sua rotina alimentar.

Tempo médio de adestramento: 15 a 20 dias

Vídeos de Adestramento de Cachoro de Guarda do Centro Canino Walker Dog

Vídeo demonstrando Cão de Guarda para Proteçao contra sequestro com refém

Vídeo demonstrando Cão de Guarda para Proteçao contra roubo de carro

Vídeo demonstrando Cão de Guarda para Proteçao de empresas

Acabar com pulgas em 3 passos

Curso Biscoitos Naturais para Cachorros

Dados de Cruz Alta - RS
Area em km2= 1360
Populacao = 62821
PIB Per Capta = R$ 0

HISTORIA
A história de Cruz Alta remonta ao final do século XVII, quando uma grande cruz de madeira foi erguida a mando do padre jesuíta Anton Sepp Von Rechegg, em 1698, logo após a fundação de São João Batista nos Sete Povos Missioneiros. Mais tarde, com a celebração do Tratado de Santo Ildefonso em 1777, a linha divisória (Campos Neutrais) que separava as terras da Espanha das de Portugal, cortava o território rio-grandense pelos divisores de água exatamente por esse local onde existia a grande cruz e uma pequena Capela do Menino Jesus. A partir de então, este imenso "corredor", recebeu um grande fluxo de pessoas das mais variadas atividades, como comerciantes, desertores do exército, contrabandistas, imigrantes, etc. A cruz alta tornou-se ponto de invernada e um grande pouso para milhares de tropeiros oriundos de Sorocaba na capitânia de São Paulo, que se dirigiam até a Feira de Sorocaba para comercialização dos animais muares (mulas). O local consolidou-se ainda no final do século XVIII como pouso dos tropeiros paulistas, estes homens que eram conhecidos pelos gaúchos primitivos como "birivas", e muitos passaram a residir nas proximidades, até que, no início do século XIX, depois de uma tentativa sem sucesso, mudaram-se então mais para o norte, estabelecendo-se onde hoje está a cidade de Cruz Alta, cuja fundação se deu no dia 18 de agosto de 1821 em resposta a uma petição feita pelos moradores. A água das vertentes do Arroio Panelinha, que abastecia os viajantes, deu origem à "Lenda da Panelinha", que prega o retorno a Cruz Alta daqueles que em suas águas saciarem a sede. Cruz Alta foi criada por uma Resolução Imperial em 11 de março de 1833, pelo Presidente da Província da época, Manuel Antônio Galvão. Tornou-se então um dos maiores e mais importantes municípios do Estado do Rio Grande do Sul, quando foi desmembrado de Rio Pardo (um dos quatro municípios iniciais do Estado). De Cruz Alta, outrora com um imenso território, originaram-se 242 municípios, que se subdividiram ainda mais ao longo dos séculos XIX, XX e XXI. Alguns municípios filhos de Cruz Alta são: Passo Fundo (1857), Santa Maria (1857), Santo Ângelo (1873), Palmeira das Missões (1874), Vila Rica (hoje Júlio de Castilhos, 1891), Ijuí (1912), Panambi (1954), Ibirubá (1954), Fortaleza dos Valos (1982), Boa Vista do Cadeado (1996), Boa Vista do Incra (1996), entre outros. Importantes personalidades gaúchas nasceram em Cruz Alta, como o escritor Erico Veríssimo, o político Júlio de Castilhos, o senador José Gomes Pinheiro Machado, os generais Salvador Pinheiro Machado e Firmino de Paula, o médico Heitor Annes Dias, o poeta Heitor Saldanha, o jornalista Justino Martins, e o artista plástico Saint Clair Cemin. Cruz Alta foi elemento importante em alguns dos principais acontecimentos que o estado vivenciou, como, por exemplo, na Revolução Farroupilha, quando o município recém criado foi alvo de incursões militares e especulações políticas em sua Câmara de Vereadores, além de receber o Alto Comando Farrapo em janeiro de 1841 com a presença de Bento Gonçalves, Giuseppe Garibaldi, Anita Garibaldi e David Canabarro. Já na Guerra do Paraguai, Cruz Alta forneceu vários voluntários da pátria, que lutaram sob o comando do Coronel Jango Vidal e do Brigadeiro José Gomes Portinho (depois agraciado com o título de Barão da Cruz Alta) nas Companhias de Voluntários nºs 19 e 40 e da 4ª Divisão de Cavalaria. Em 12 de abril de 1879, a Lei nº 1075, elevou a categoria de Cruz Alta de vila para cidade. Em maio de 1879, a cidade passou a contar com serviços de telégrafo. A partir de 1870, os movimentos ocorridos na cidade em favor da abolição da escravidão culminaram, em 30 de agosto de 1884, na extinção do escravismo dentro de suas fronteiras[8]. Durante a Revolução de 1893, o município foi apelidado de "Ninho dos Pica-paus", sendo um dos mais importantes palcos dos acontecimentos, e também o lugar onde a prática da degola neste período foi mais intensa. Cruz Alta foi atacada em 26 de agosto de 1894 pelas tropas maragatas sob o comando de Aparício Saraiva, irmão de Gumercindo Saraiva (morto dias antes em Carovi, perto de Santiago), com aproximadamente 1.500 homens. A cidade foi atacada por oito horas sem tréguas. Em 14 de julho de 1856 foi fundada a Loja Maçônica Harmonia Cruz-Altense, com 18 membros influentes na sociedade. Já na Revolução de 1923, hordas de tropas circulavam incessantemente por seu território, depois dos alinhavados permeados de conchavos registrados nas dezenas de correspondências trocadas entre Borges de Medeiros e Firmino de Paula e Silva para maquinar os destinos da Revolução.
ECONOMIA
Algumas informacões sobre a economia e população da cidade. A cidade de Cruz Alta localizada no estado de Rio Grande do Sul tem uma área de 1360.4 de quilometros quadrados. A população total de Cruz Alta é de 62821 pessoas, sendo 29743 homens e 33078 mulheres. A população na área urbana de Cruz Alta RS é de 60594pessoas, já a população da árae rual é de 2227 pessoas. A Densidade demográfica de Cruz Alta RS é de 46.18. A densidade demegráfica é a medida expressada pela relação entre a população e a superfície do território, geralmente aplicada a seres humanos, mas também em outros seres vivos (comumente, animais). É geralmente expressada em habitantes por quilômetro quadrado. Veja mais no link a seguir Densidade Demográfica Wikipedia. Outra informação que temos sobre a população de Cruz Alta RS é que 21.74% tem entre 0 e 14 anos de idade; 68.32% tem entre 15 e 64 anos de idade; e 9.94% tem acima de 64 anos de idade. Conforme os dados, a maior população da cidade de Cruz Alta localizada no estado de Rio Grande do Sul são as pessoas de 15 a 64 anos de idade, ou seja, existem mais adultos no município. Em termos de ecnomia isso é bom pois tem mais pessoas trabalhando e gerando riqueza para o país. Evolução do PIB 1996 a 2004 Segundo dados do IBGE, o PIB do município, no ano de 2004, foi de R$ 637.533.000,00. No mesmo ano o PIB per capita foi de R$ 9.301,00, abaixo da média do estado, que é de R$ 13.320,00. A economia do município baseia-se em um forte setor primário, através da produção do trigo, soja e milho. O crescimento forte do PIB entre os anos de 2002 e 2003 pode ser atribuído a desvalorização cambial em relação ao dólar. Essa desvalorização permite o aumento das exportações de grãos produzidos no município, gerando um crescimento no PIB. Essa dependência de fatores externos juntamente com a incerteza das safras de grãos torna a economia do município muito instável[carece de fontes?].
TURISMO
Parque Integrado de Exposições Área de lazer com pistas de rodeio, casas das etnias. É sede dos principais eventos do município, como Fenatrigo, Expo-prima e acampamento da Coxilha Nativista. Cascata Nossa Senhora da Conceição Distante dez quilômetros do município, pela rodovia estadual RS-342. Brique Praça da Bandeira Todos os domingos na Praça da Bandeira acontece o Brique da Praça, onde os artesãos e expositores em geral dispõem de seus produtos para a população. Eventos[editar | editar código-fonte] 19 a 30 de janeiro: Cavalgada Ana Terra 13 - 1º Baile Municipal de Fantasias 27 - Escolha Rainha e Rei Momo. 17 de fevereiro: Escolha da Rainha Regional do Carnaval e Concurso Regional de Fantasias. 24 a 27 de fevereiro: Desfile de Blocos e Escolas de Samba 1 de maio: Rústica Operária Junho: Festival do Estudante Municipal 26 de julho a 29 de julho de 2017: 37ª. Coxilha Nativista Julho depois do Dia do Colono e Motorista tem desfile dos motoristas de caminhão. 11 a 18 de agosto: Semana do Município 14 a 20 de setembro: Semana Farroupilha 16 a 19 de setembro: Mateada em Praça Pública 27 de setembro a 1 de outubro de 2017: XIV Fenatrigo 8 de outubro (segundo domingo do mês) de 2017: 66ª. Romaria ao Monumento de Nossa Senhora de Fátima Dezembro: Estação Gospel Maior Festival de Música Gospel do Sul do País Imagens de Cruz Alta[editar | editar código-fonte] O calçadão na Pinheiro Machado Avenida General Camara Avenida General Camara Avenida General Camara Avenida Venâncio Aires Avenida Venâncio Aires Avenida Venâncio Aires Rua Venâncio Aires, Esq. Rua Coronel Martins Rua Venâncio Aires, Esq. Rua Duque de Caxias Rua Venâncio Aires, Esq. Avenida General Osório Ginásio Municipal Ginásio Municipal Ginásio Municipal Ginásio Municipal Monumento de Fátima Monumento de Fátima Rua Pinheiro Machado Rua Coronel Pillar, Esq. Pinheiro Machado Rua Pinheiro Machado, Esq. Domingos Veríssimo Avenida Presidente Vargas Avenida Presidente Vargas Avenida General Camara, Esq. Rua Domingos Veríssimo Agência dos Correios Escola Estadual Margarida Pardelhas Corpo de Bombeiros Hospital N. S. Fátima - Fechado Porto Seco Rua João Pessoa, Vista da CESA Referências ? «Vocabulário Online da Academia Brasileira de Letras.»  ? http://www.aulete.com.br/cruz-altense Dicionário Aulete ? IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010  ? «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 23 de junho de 2017  ? «IBGE»  ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010  ? «Página sobre Cruz Alta no página Rota das Terras. Consórcio de Desenvolvimento Sustentável da Região Planalto CONDESUS»  ? «Título ainda não informado (favor adicionar)». regiaocentral.radar-rs.com.br  ? a b «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 17 de maio de 2018  ? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (ºC) - Cruz Alta». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 11 de outubro de 2014  ? a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (ºC) - Cruz Alta». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 11 de outubro de 2014  ? «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Cruz Alta». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 11 de outubro de 2014  ? «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Cruz Alta». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 11 de outubro de 2014  ? «Cruz Alta - Estações Ferroviárias do Rio Grande do Sul. Estações Ferroviárias do Brasil (elaborado por Ralph Mennucci Giesbrecht)»  ? NEUMANN, Rosane Marcia. Uma Alemanha em miniatura: o projeto de imigração e colonização étnico particular da Colonizadora Meyer no noroeste do Rio Grande do Sul (1897-1932), Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, PUCRS, Porto Alegre, 2009, 632 p.

Adestramento De Caes De Guarda Em Cristal Do Sul Rs

Conheça o Venda de Filhotes de Cães de Guarda em Cruz Alta RS