Adestramento de Cães de Guarda em Itaqui RS - Centro Canino WalkerDog

Título: Centro Canino WalkerDog - Adestramento de Cães de Guarda
Criado em 25/05/2017 - Publicado em - Atualizado em 23/09/2021
Centro Canino WalkerDog
Centro Canino WalkerDog

Centro Canino WalkerDog - Adestramento de Cães de Guarda em Itaqui RS


Adestramento de Cães centro canino walkerdog Está precisando adestrar seu cão para guarda e mora em Itaqui RS? Conheça o Centro Canino Walker Dog.

Com a crescente violência, o despreparo da segurança pública e privada, estamos cada vez mais desprotegidos.

Cães são auxilios indispensáveis na segurança, não temendo arma de fogo, não aceitando suborno e treinado são poderosos guardiões contra invasores. Veja como um cão pode proteger sua família

O WalkerDog Escola de Adestramento oferece aos seus clientes e amigos um moderno método de adestramento de cães.

Seu cão aprende um jeito positivo e alegre, com resultados impressionantes. Nós trabalhamos com qualquer raça ou idade e preparamos cães para variadas modalidades e situações.

Contamos com uma equipe altamente qualificada e um amplo espaço para melhor receber nossos hóspedes. O melhor time, para seu “melhor amigo”.

Dados para contato e localização do Centro Canino Walker Dog - Adestramento de Cães em Itaqui Rio Grande do Sul

Adestramento de Cães de Guarda em Itaqui Rio Grande do Sul
Cidade: Itaqui
Estado - País: Rio Grande do Sul - BRA
Telefone: (51) 99761-3537 e (51) 99914-2232
Email : thabatanunes.adestramento@gmail.com
Url:

O que é adestramento canino?

Adestrar é treinar para que fique hábil para realizar determinado trabalho ou ação.

No adestramento canino, são ensinados "comandos" ao cão, que passa a responder a determinadas palavras ou gestos através de comportamentos e/ou movimentos específicos. Aos donos é ensinado como proceder na execução dos comandos para ser atendido prontamente pelo cão. Através desta melhora da comunicação entre humano e cão consegue-se um resultado surpreendente no relacionamento entre ambos, tornando a convivência tranquila, saudável e prazerosa.

No CCWD trabalhamos com adestramento de cães em Obediência, Proteção e Guarda, Recusa de Alimentos ou Anti-envenenamento e Resolução de Problemas Comportamentais.

Serviço de Adestramento Canino de Proteção e Guarda em Itaqui RS

ADESTRAMENTO DE CÃO DE GUARDA DE PERÍMETRO (PÁTIO):

O adestramento em guarda de perímetro consiste em condicionar o cão para guardar, alertar sobre possíveis ameaças e responder com ataque a invasões do perímetro.

O cão aprende a exercer o ataque (morder) de maneira correta e imobilizar o invasor.

Este pacote é para animais que já tenham concluído o adestramento básico e depende da capacidade do animal para a função.

Tempo médio de adestramento: 30 a 45 dias após a obediência básica.

ADESTRAMENTO DE CÃO DE GUARDA SOB COMANDO:

O adestramento em guarda sobcomando consiste em condicionar o cão para agir sob o comando do condutor, tornado-se defensor do condutor mediante ordem de cuidado, ataque, permissão para aproximação de estranhos e outras. Nesta modalidade de adestramento o cão aprende a potencializar sua mordida para imobilização do suspeito e também aprende a interromper o ataque quanto ordenado pelo condutor. O cão será condicionado para atacar somente sobcomando quando estiver junto com o condutor e o condutor será condicionado a exercer a autoridade necessária sobre o cão.

Este pacote é para animais que já tenham concluído o adestramento básico e depende da capacidade do animal para a função.

Tempo médio de adestramento: 30 a 45 dias após a obediência básica.

Serviço de Adestramento Canino Recusa de Alimentos em Itaqui RS

RECUSA DE ALIMENTO OU ANTI-ENVENENAMENTO:

O adestramento em recusa de alimentos consiste de condicionar o cão para receber alimentação somente em local especifico e por determinadas pessoas, evitando assim o envenenamento acidental ou criminoso do animal. O cão não comerá alimentos achados ou oferecidos por estranhos, desde que mantida sua rotina alimentar.

Tempo médio de adestramento: 15 a 20 dias

Vídeos de Adestramento de Cachoro de Guarda do Centro Canino Walker Dog

Vídeo demonstrando Cão de Guarda para Proteçao contra sequestro com refém

Vídeo demonstrando Cão de Guarda para Proteçao contra roubo de carro

Vídeo demonstrando Cão de Guarda para Proteçao de empresas

Acabar com pulgas em 3 passos

Curso Biscoitos Naturais para Cachorros

Dados de Itaqui - RS
Area em km2= 3404
Populacao = 38159
PIB Per Capta = R$ 0

HISTORIA
No princípio os guaranis ocupavam as bacias do rio Ibicuí. Seu primeiro contato com os europeus se deu por meio de uma missão de jesuítas espanhóis, em 1700. Intensificando-se no século seguinte, o povoamento foi sendo desenvolvido em conjunto com a atividade pecuária, até uma economia da região. No local onde hoje está o município de Itaqui, foi feito o primeiro povoamento pelos jesuítas da redução ou missões de La Cruz (hoje localidade argentina), por volta do ano de 1657. Somente no início do século XIX foi incorporado às terras portuguesas e em 1802 foram concedidas as primeiras sesmarias. José Gervasio Artigas, general e protetor da Liga dos Povos Livres (1764 - 1850), pretendeu retomar o território missioneiro, iniciando pelo território de Itaqui. Encontrou lá uns três ranchos e treze homens que liquidou com seus 1.600 índios. Dentro desta ofensiva das forças de Artigas, salientam-se os combates de S. João Velho e de Rincão da Cruz - como a região ficou conhecida devido à missão[6]. Esta tentativa de permanecer durou por pouco tempo, porque veio um destacamento militar, com a finalidade de expulsá-lo, acampado no arroio Cambaí. Uma enchente obrigou-os a procurar outro local, sendo escolhido onde hoje está a cidade de Itaqui. Isto foi em 1821, e logo vieram várias famílias para aquela localidade. Durante a Revolução Farroupilha o destacamento militar estava localizado em Itaqui, tanto que o líder Giuseppe Garibaldi, ao dirigir-se da cidade de Uruguaiana para a cidade de São Borja, cruzou o rio Uruguai, na cidade de Uruguaiana, indo pela Argentina até a cidade de Santo Tomé, onde lá atravessou novamente o rio Uruguai, para a cidade de São Borja, devido a existência de tal destacamento militar em Itaqui. Assim, Itaqui nunca foi cenário de lutas farroupilhas, podendo ter ocorrido lutas armadas em seu território na divisa com os municípios de Uruguaiana e São Borja, ou até mesmo dentro desses municípios, pelo destacamento que encontrava-se em Itaqui. De acordo com a lei 419 de 6 de dezembro de 1858, Itaqui foi desmembrado do município de São Borja. Nessa época a população da vila era de aproximadamente quatro mil habitantes. Itaqui, novamente foi campo de lutas na Guerra do Paraguai, quando seus homens tiveram a oportunidade de fazer frente aos soldados de Francisco Solano López, presidente do Paraguai. Em maio de 1879 foi elevado à categoria de cidade. Inicialmente, o nome foi São Patrício de Itaqui, em homenagem ao padroeiro, depois foi simplificado para Itaqui. Origem do nome Itaqui[editar | editar código-fonte] O topônimo tem sua origem etimológica na língua guarani e compõem-se de dois termos: ita, pedra, e ku'i, areia, mole. Provavelmente a origem do nome deve-se às características físicas da pedra vermelha existente na cidade e nas margens do rio Uruguai, que são cheias de pedras boas para afiar facas e instrumentos usados pelos índios guaranis, originando assim o nome Itaqui, que significa pedra mole, "pedra d'água", própria para afiar. Ainda no século XIX foram desmembrados dois outros municípios destas terras: São Francisco de Assis e Santiago, bem como posteriormente Maçambará. Primeira Redução Jesuítica Guarani do Estado do Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte] Itaqui foi a primeira redução jesuítica guarani do Rio Grande do Sul, datada do ano de 1657, quando na época os padres da cidade argentina de La Cruz transpuseram o rio Uruguai e fundaram tal redução, eis que grande eram o número de índios guaranis do lado brasileiro, tendo sido construídas várias capelas e casas pelos padres jesuítas e índios. Destaca-se em seu território o túnel missioneiro que tem seu final as margens do rio Uruguai, sendo que do outro lado do rio, nas margens da cidade argentina de La Cruz, tem início outro túnel missioneiro, o qual leva diretamente a cidade de La Cruz. Existiam vários cemitérios guaranis na cidade de Itaqui, onde foram construídos edificações em cima de tais locais, como nos Blocos Alvorada, Colégio Municipal Otávio Silveira, Escola Estadual Dr. Roque Degrazia, entre outros. Entre os cemitérios guaranis localizados no interior, podemos citar o Curuçú, Santo Cristo e o grande cemitério localizado na Fazenda Pessegueiro, este não mais existente. Várias pequenas capelas missioneiras existiam na cidade de Itaqui, bem como estátuas de vários santos e cadeiras dos padres, entre outros objetos, todos elaborados pelos índios guaranis, os quais faziam parte da antiga Igreja de São Patrício, antes da mesma ter sido destruída e no local foi construída a atual Igreja de São Patrício. No território itaquiense destaca-se várias vilas guaranis, as quais hoje são designadas como distritos, fazendo parte também, a cidade de Maçambará. Assim, podemos citar as antigas vilas indigenas de Maçambará, São Donato, São Canuto, Santo Cristo, Curuçú, Itaó, Bororé, entre outras. Ainda existe na cidade a casa dos padres jesuítas localizada na esquina da rua Bento Gonçalves com a Avenida José de Alencar Castello Branco, estando a mesma reformada. Existem vários sítios arqueológicos no interior, talvez exista a maior coleção arqueológica guarani e de outras culturas indígenas, mas infelizmente sem estudos sobre tais materiais, os quais encontram-se a campo. O rio Ibicuí era o marco divisor da grande Nação Guarani, pois tais índios tinham seus territórios iniciando no território itaquiense, localizado acima do rio Ibicuí, abaixo de tal rio ficavam outras nações indígenas. O General José Gervasio Artigas, descendente de índios guaranis, tentou retomar o território missioneiro, invadindo primeiramente, no Brasil, a Vila de Itaqui - Primeira Redução Jesuítica Guarani do Rio Grande do Sul.
ECONOMIA
Algumas informacões sobre a economia e população da cidade. A cidade de Itaqui localizada no estado de Rio Grande do Sul tem uma área de 3404.1 de quilometros quadrados. A população total de Itaqui é de 38159 pessoas, sendo 19034 homens e 19125 mulheres. A população na área urbana de Itaqui RS é de 33311pessoas, já a população da árae rual é de 4848 pessoas. A Densidade demográfica de Itaqui RS é de 11.21. A densidade demegráfica é a medida expressada pela relação entre a população e a superfície do território, geralmente aplicada a seres humanos, mas também em outros seres vivos (comumente, animais). É geralmente expressada em habitantes por quilômetro quadrado. Veja mais no link a seguir Densidade Demográfica Wikipedia. Outra informação que temos sobre a população de Itaqui RS é que 25.04% tem entre 0 e 14 anos de idade; 67.63% tem entre 15 e 64 anos de idade; e 7.33% tem acima de 64 anos de idade. Conforme os dados, a maior população da cidade de Itaqui localizada no estado de Rio Grande do Sul são as pessoas de 15 a 64 anos de idade, ou seja, existem mais adultos no município. Em termos de ecnomia isso é bom pois tem mais pessoas trabalhando e gerando riqueza para o país.

Adestramento De Caes De Guarda Em Itapuca Rs

Conheça o Venda de Filhotes de Cães de Guarda em Itaqui RS