Curso de Adestramento de Cães em Brejo Grande

 

 

Você você mora em Brejo Grande Sergipe
Aproveite Esta GRANDE OPORTUNIDADE para entrar no mercado de Adestramento de Cães

 

 

ATENÇÃO Veja no vídeo abaixo como um livro de apenas R$ 2,50 mudou minha vida profissional e pode MUDAR A SUA TAMBÉM

 

 

O Curso Adestramento A Jóia do Infinito é o único do mercado COM ...
* ANIMAÇÕES 3D * Presença de Aluno real * Didática de atendimento ao cliente * Simulação de adestrador atendendo cliente * Situações reais com cães desmotivados

 

Walkerdog

 

Curso Adestramento A Joia do Infinito RETORNO RÁPIDO!

Como Adestrador Formado no Curso Online do Centro Canino WalkerDog

você pode cobrar R$ 80,00 por hora de adestramento,

se fizer 4 horas por final de semana você


fatura em um único mês R$ 1280,00



 

comprar curso agora

 

compra segura hotmart

Compra 100% segura! Receba imediatamente seu acesso após a confirmação do pagamento.


hotmart

 

Veja Como Funciona o Curso

No Curso de Adestramento de Cães A Jóia do Infinito, oferecido pelo Centro Canino WalkerDog, você aprenderá as principais técnicas de Adestramento, aliando teoria e prática. O Curso é 100% online gravado em alta resolução com Animações 3D e participação de aluno real nas aulas práticas.

Aprenda também sobre o bem-estar animal, alimentação correta, psicologia e comportamento canino, interpretação da linguagem corporal dos cães, e mais:

Como evitar que o cão coma ou destrua objetos em casa;

Saiba como ensiná-lo a fazer as necessidades no local correto;

Aprenda técnicas e truques de adestramento, do básico ao avançado;

Conheça como é o treinamento de um cão de trabalho.

POR DENTRO DO CURSO

6 Módulos, mais de 20 Videoaulas com método exclusivo, animação 3D e aluno real.

CURSO 100% ONLINE

Você vai assistir no conforto da sua casa, a hora que você quiser, podendo ver e rever as aulas

AULAS REAIS

Aulas práticas gravadas com aluno real.

SUPORTE E ACOMPANHAMENTO

Você vai ter o suporte individual diretamente com o Adestrador Alex para tirar suas dúvidas através do grupo do Facebook.

CERTIFICADO DE CONCLUSÃO

Após assistir todas as aulas do curso, você receberá um lindo certificado provando a conclusão do curso, mostrando que você está preparado para trabalhar como adestrador de cães.

hotmart

 

Veja o que os alunos estão falando sobre o Curso

grade curricular

 

Conheça a GRADE CURRICULAR do curso

MÓDULO 01 APRESENTAÇÃO

  • Boas vidas e apresentação do curso de Adestramento A Jóia do Infinito

MÓDULO 02 CONHECENDO A HISTÓRIA E O COMPORTAMENTO CANINO

  • A história do relacionamento entre cães e humanos no Brasil.
  • Comportamento Canino

MÓDULO 03 ESTUDANDO OS CONCEITOS CIENTÍFICOS, E METODOLOGIAS

  • Conceitos
  • Reforço Positivo, Reforço Negativo e Punição

MÓDULO 04 DIDÁTICA PARA COM O CLIENTE E TÉCNICAS DE ADESTRAMENTO

  • Visita ao cliente, como agir
  • Entendendo o contexto para mudar o comportamento do cão
  • Carregamento do clicker

MÓDULO 05 INICIO DAS AULAS PRÁTICAS, CONCEITOS PARA EXTRAÇÃO DE COMANDOS

  • Carregar o clicker na prática
  • Como criar um aprendizado sem falhas
  • Como criar um aprendizado sem falhas, vídeo
  • Generalizando os comandos com indução (usando petisco perto do nariz como moeda de troca)
  • Carregamento da base, significado
  • Generalizando comandos troca de posições, senta, deita, de pé com contato (toque)
  • Generalizando cão inseguro
  • Descriminando comandos (descriminar é colocar comandos verbais)
  • Descriminando comandos Parte 2
  • Descriminando comandos Parte 3

MÓDULO 06 AULAS BÔNUS

  • Todo mês uma aula nova e exclusiva para os alunos

Walkerdog

 

Conheça o Adestrador Alexsandro Epping

 

Curso para Adestradores de Cães centro canino walkerdog Olá meu nome é Alexsandro Epping, sou proprietário do Centro Canino WalkerDog. Venho convidar você que assim como eu quer trabalhar com o que ama, TRABALHAR ADESTRANDO CÃES!

Sou Formado em comunicação e Marketing, atualmente curso História na Unicesumar e Gestão de Empresa na Anhanguera

Realizou os seguintes cursos:

  • Treinamento tático com cães. Local Quinto batalhão de suprimento Curitiba com Sub tenente Marcos Goes
  • Treinamento de busca e resgate com cães, faro de entorpecente, busca e captura. Local: Marau RS. Instrutores: sargento do POE Antonio Rodrigues, RS, instrutores da K9 do Uruguai, EUA e Colombia

  • Em 10 anos o instrutor Alex buscou mais de 30 cursos e seminários no Brasil e no exterior, sendo cursos e semanários no valor de R$ 2.000 a R$ 5.000,00. Como orientador na formação de adestradores de cães de guarda também se especializou na área da segurança em cursos homologados pela Polícia Federal e ainda buscou qualificação didática de e ensino superior como instrutor na formação de alunos em seguimentos como adestradores.

    Totalizando mais de R$50.000,00 investidos em conhecimento.

    E mais dezenas de cursos no qual já ganhou mérito de destaque como melhor aluno em turma de 21 alunos.

    Dados de atuação:
    O adestrador Alexsandro Epping é responsável pela formação de adestradores na WalkerDog, adestrador responsável pelo treinamento de cães condenados a eutanásia por vigilância sanitária de diversos municípios, adestrador do cães em treinamento da WalkerDog, palestrante sobre comportamento canino em várias empresas escolas técnicas e faculdades.

    Responsável pelo hotel/ creche da WalkerDog.
    Sua equipe são ex alunos de cursos da WalkerDog

     

    LEMBRA DA HISTÓRIA DO LIVRO?

    Aconteceu em 2010 ....

    Veja Como Está Nossa Estrutura HOJE!

    P.S.: não estou vendendo uma SOLUÇÃO MÁGICA, mas o conhecimento deste curso, aliado é muito trabalho e dedicação, pode se transformar em UMA JÓIA DO INFINITO

     

    Walkerdog

     

    HOJE VOCÊ TERÁ A OPORTUNIDADE ÚNICA DE ADQUIRIR O CURSO COMPLETO POR APENAS

     

    de R$ 697,00 valor normal

     

    12 x de R$ 48,42

     

    Menos de R$2,00 por dia.

     

    São MAIS DE R$ 50.000,00 investidos em conhecimento pelo adestrador Alex

    TUDO ISSO entregue no curso para você por um preço acessível

     

    comprar curso agora

     

    garantia 7 dias

     

    O RISCO é TODO MEU, Até 7 DIAS depois do pagamento, você pode cancelar por qualquer motivo, e devolvemos todo o valor pago.

    ONDE EU RECEBO O CURSO?

    Logo após a confirmação da sua compra, você irá receber no seu E-mail os dados de acesso ao curso online.

    FICOU COM ALGUMA DÚVIDA EM RELAÇÃO AO CURSO ONLINE?

    Chame nos nossos WHATSAPP (51) 9 97613537 (vivo) | (51) 9 91519690 (claro)


    Título: Curso de Adestramento de Cães em Brejo Grande Sergipe
    Criado em 28/05/2020 - Publicado em - Atualizado em 28/05/2020
    Centro Canino WalkerDog
    Centro Canino WalkerDog

    Conheça o Curso Banho e Tosa em Brejo Grande SE

    Dados de Brejo Grande - SE
    Area em km2= 148
    Populacao = 7742
    PIB Per Capta = R$ 0

    HISTORIA
    Há muito tempo, havia uma ilha situada no baixo são Francisco, pelo nome de ilha da Paraúna, suas terras eram cobiçadas pelos colonos portugueses de Penedo, ocorreram várias disputas por esta ilha, seus primeiros habitantes foram os índios tupinambás, após seu descobrimento ficou pertencente a capitania de Pernambuco, passou a pertencer a capitania da Bahia em 1812, com ajuda do português João Pires Tojal e os Ferreiras, que aterraram o canal das Paraúna unindo as margens sul da ilha, contrapondo-se os revolucionários de Penedo, por esses tempos Brejo Grande, um lugarejo, uma ilha, após isso o Rei Dom João em uma de suas cartas escreveu “ Os Ferreiras com os escravos aterraram o braço do rio e ligaram a ilha da Paraúna a capitania da Bahia” , depois de aterrarem o canal, criaram-se os engenhos, de cana de açúcar, café, algodão. Porcentagem dos escravos no ano de 1854 na região do Baixo São Francisco: Brejo Grande 30% , Vila Nova 09% ,Porto da Folha 11% ,Propriá 12%. O “Rio das Borboletas”, o então São Francisco, sempre esteve presente na história de Brejo Grande, mas, apesar desse fator, o município teve uma economia baseada no trabalho escravo, chegando a ter mais de 20 engenhos. O engenho Alto dos Pinheiros, localizado atrás da igreja de Nossa Senhora da Conceição, pertencia ao Sr. Antônio Manuel Ferreira Machado nasceu em janeiro de 1804 faleceu em 1868, seus restos mortais se encontram no altar de São Francisco na Igreja Conceição. Através de um golpe em seus compatriotas adquiriu toda a terra de Brejo Grande, Antônio tivera muitos filhos, a todos que casavam dava um engenho e uma certa quantidade de escravos. Dai os engenhos Cajuhype, Brejo Grande, Conceição, Bandarra e outros. Depois da proibição do trafico negreiro em 1851 entram pelo rio São Francisco 400 escravos. Alguns Registros dos Engenhos: Engenho Alto dos Pinheiros: Construído por Antônio Manuel Machado Ferreira nascido em janeiro de 1804 e faleceu em fevereiro de 1968, o maior latifundiário da época, que depois de dar um golpe baixo em seus compatriotas adquiriu quase toda a terra do município. Esse homem tinha vários filhos e era costume dar a cada um deles uma certa quantidade de terra com um engenho e seus escravos; Engenho Canto Escuro: Construído por Antônio Manuel Ferreira Machado que deu a seu filho, Dr. Enéas Ferreira que casou com a senhora Chiquinha Silva (irmã do Adelino José da Silva) Enéias foi enterrado ao lado de sua casa na capela Santa Terezinha , ganhando esse nome por causa das nuvens de cor cinza que se formavam sempre naquela região; Engenho Capivara: Construído por Alfredo Martins; Engenho Bandarra: Construído por João Alves Tojal casado com Adelaide Ferreira Machado ( pais de Ioio,Epunina,Lica,Consuelo e Hermelina) Engenho Paraúna: Este situado próximo ao porto histórico do canal das Paraúna, originando assim o nome do engenho. Era de propriedade de Manoel Lemos Souza Machado sua esposa Francisca Conceição de Lemos Machado que vinha do engenho fortuna em Sergipe, Dr. Machado tendo 1 só filho do primeiro casamento casou-se pela segunda veze veio a ter muitos filhos e filhas destacando-se o Matheus Ferreira Machado (pai do Desembargador Antônio Machado),que fez pedido em casamento a uma filha do senhor Melicio (Maria Laudelina Machado) a carta de consentimento foi escrita pelo senhor Melicio em 1900, Manuel e Matheus eram filhos do capitão de Melicias Francisco de Souza Machado, oficial português vindo a Penedo para combater os revolucionários de 1817,no forte Mauricio de Nassau, Francisco casou-se com Maria do Espirito Santo Ferreira ( Manuel, Matheus, Tobias e Machado de Assis foram batizados na igreja das correntes em Penedo) Engenho Alto dos Oitizeiros: Construído pelas famílias Cavalcante e Carvalho é também conhecido como Boa Vista; Engenho Taquareira: Era situado à margem direita do Rio São Francisco antes de chegar ao povoado Resina, sendo de propriedade de Epunima de Góes Tojal; Engenho Samambaia: Este foi construído separado da “casa grande” por um riacho, sendo interligado por uma ponte; Engenho Ilha do Algodão: Tendo como proprietário Manoel Ferreira; Engenho Saco: Construído pela família Leite e Serra; Engenho dos Queimados: Sem registro histórico, como quase todos os outros; Engenho Mundo Novo: Localizado à margem direita do Rio São Francisco; Engenho Coitezinho: Situado à margem direita do Rio São Francisco; foi construído por Adolfo Izaias; Engenho Alto das Cajazeiras: Construído pela família Melício, próximo ao porto central onde tudo entrava e saía. Era também denominado Engenho da Cruz, hoje estaria localizado perto da feira e do posto de saúde. Engenho Santa Cruz: Construído pelo Dr. Manoel de Lemos Souza Machado, que mais tarde foi sepultado na capela deste engenho ; Engenho Cajuhype: Construído por Manoel de Lemos Souza Machado(pai velho) que faleceu em 14 de maio 1910 as 21hs já cego foi sepultado na capela do engenho Santa Cruz, casado com Abigail Ferreira Machado (mãe velha) em 8 de setembro de 1864 ela faleceu em 2 de fevereiro de 1929 , depois habitado pelo Padre Zeca e agora por seu filho, o médico Benito da Silva. Foi o último dos engenhos a parar de funcionar, isso porque, depois da abolição, passou a funcionar como alambique e foi um dos primeiros a serem modernizados a vapor em 30 de junho de 1873 , possuía uma grande senzala que continuou sendo habitada após abolição; Engenho Mata-Boi e Engenho Papa-Ovelha: Ambos citados por Jorge de Lima em seu poema “Rio São Francisco”; Engenho Conceição: Pertencia a Francisco Alves Tojal; Engenho Brejo Grande: Construído por Antônio Ferreira Machado Casado com Maria Angélica Ferreira ( Sua filha Ana Ferreira Machado, foi deserdada após fugir com João Doce de Aroeiras filho de Dona Glória , Antônio mandou busca-la e não encontrando fez uma grande guerra. Engenho Pipiri e Engenho Mangabeira: Ambos situados um pouco distantes do rio e até mesmo dos riachos, rompendo assim o ponto estratégico que era usado em todos os demais engenhos que tinha como referência o Rio São Francisco e seus afluentes; Engenho Santa Adelaide: Construído por João Alves Tojal; Engenho São Rafael: Construído por Pedro Martins de Góes. A capela Nossa Senhora da Conceição, construída em pedra pertencia ao engenho Alto dos Pinheiros, construída de 1820, depois de encontrarem perto da foz um baú boiando nas margens, ao abrirem encontraram uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, permaneceu muitos anos guardada em um baú, decidiram então erguer uma capela, e consagraram Brejo Grande ao seu Padroado, a coroa de ouro foi doada pela Baronesa Montes Ferreira. A antiga capela construída em estilo barroco, com um cemitério particular aos fundos a Senhora Juvina Tojal filha do Senhor Francisco Alves Tojal, Dono do engenho Conceição, Doou todo o terreno da frente da capela para Nossa Senhora, as missas nesta capela eram celebrada pelo Frade Bulhões de Neópolis de Mês em Mês, Tornou-se paróquia em 9 de janeiro de 1925 o primeiro vigário foi o Padre José Ferreira Machado que nasceu em 27 de outubro as 1882, filho de Abigail Ferreira Machado e Manuel Lemos Machado, o padre Ordenou-se no Seminário de Olinda-Recife, em 22 de novembro de 1908 e morreu em 18 de janeiro de 1968 foi sepultado na capela do engenho Cajuhype, construída pelo seu Filho Benito, o padre tinha um caso amoroso com a Maria José, tiveram vários filhos. No dia da instalação da vila em 2 de outubro de 1926, Brejo Grande tinha o nome de Vila São Francisco, foi celebrada uma Missa pela manhã, na famosa ermida da capela pelo sacerdote José Machado padre desta freguesia teve como acólitos, (os padres, Arthur Passos, Carlos Costa e José dos Santos curador da Diocese de Penedo), em todas as solenidades a Banda Santa Cecilia fundada em 1912, completava os acordes a grandeza das festividades, o Presidente do Estado Gracco Cardoso, e a comitiva de hospedes do coronel José Adelino da Silva (irmão da Chiquinha da do canto escuro), Adelino influente político primeiro intendente conseguiu desmembrar Brejo Grande, de Neópolis com a ajuda do Barão Bento de Melo, em 1943 mudou o nome para Parapitinga e em 1954 voltou para Brejo Grande. Brejo Grande é sem dúvidas uma terra de grandes histórias, muito famosas por suas enchentes, certa vez chegou em Brejo Grande em 1940 o penitente Pedro Romão Batista, se hospedou no povoado samambaia, o povo que adoecia o procurava, ele benzia a agua e o doente ficava curado, Ioiô Tojal (Manuel de Góes Tojal) possuía uma farmácia que não estava vendendo nada, pelo povo se curar com água...Juntou-se com os poderosos e marcaram um dia para prenderem o penitente, no dia marcado vieram arrastando o penitente da samambaia para a delegacia, localizada atrás dos correios, lá o penitente colocou o chapéu em uma parede sem prego e disse que um dia mandaria uma enchente para lavar os pecados que faziam com ele, levaram então a Barra da Intiúba e de lá ele seguiu a santa Brígida Bahia. Os que judiaram do penitente pagaram um alto preço, Ioiô adoeceu e criou uma caspa no corpo onde pagava as pessoas para coçar com um pente de ferro, Adelino Criou rachadura nas pernas, outro comia uma galinha viva quando faleceu o corpo sumiu e colocaram uma bananeira no caixão, Leco Machado filho da Adélia Machado queria muito prender o penitente e a mãe não permitiu e como castigo tinha um calor sem fim, o único que não judiou o penitente o policial Zé Vieira, que estava vigiando um circo que tinha chegado na cidade, pediu perdão ao penitente o mesmo mandou ele abandonar a farda e o policial assim o fez e tornou-se aurífero e muitos exemplos e castigos, que me falham a memória. A capela Santa Cruz era feita em taipa, em um local perto desta que foi levantada pelo coronel José Adelino da Silva em 1926, a cruz foi encontrada no mar pelos escravos, e muito devotada pela escrava Avó da senhora Virturina, que era “ contadeira” de histórias, as principais festividades desta capela era a dos santos Reis em 6 de janeiro e da Santa Cruz em 03 de maio, a Escrava contava muitas histórias do tempo da escravidão todas a noites juntava em sua porta uma grande quantidade de crianças, uma delas a senhora Coralia repassou para nós era da escrava da Sinhá Iaiá do Bandarra. A Sinhá Iaiá estando gravida desejou comer a bicheira de uma vaca, o Sinhô Ioiô se preocupou, a escrava escutou a conversa e disse que conseguiria fazer o bicho de uma vaca, cortou o dedo e tirou um pouco de sangue e misturou com a farinha, a sinhá comeu e teve a criança, em troca deste favor o sinhô prometeu a liberdade mas quando a escrava foi cobrar o sinhô deu castigo nela e mandou amarra-la no tronco. Depois o sinhô tirou do castigo e disse que só daria a liberdade se ela desse ao engenho 7 escravos, ela ficou gravida após um tempo e teve 7 filhos mortos que foram enterrados no oitão da capela Santa Cruz. Brejo Grande contém história de muitas pessoas, as grandes educadoras Aurora Leite, Alcina Leite,Zizi Caé, Duzinha ( Maria do Bonfim dos Santos casada com Idelfonso Ferreira ), Coralia (casada com o Policial Helio filho da senhora Severa do Brejão),as parteiras Mãe Julia e Mae Ursula, os maestros da banda Santa Cecilia Dó, Durval,Leontino, os Grandes barqueiros do velho chico, Zunga, Antônio da Esmera (filho da senhora Juvina Viana, irmão do Indio, Analia e Alcides Viana e casado com a Birim Maria Alves de Farias a qual teve 14 filhos ) José da Modesta que fazia viagens diárias a Penedo na Canoa Paquetá, António do Sindino e outros. Os grandes comerciantes: Augusto Cavalcante (casado com Helena de Farias) José Raimundo de Melo (Casado 1 Maria Modesta de Farias e 2 vez com Merandulina que veio do sertão com suas Irmã Biguda que corriam das astúcias de Lampião) o Senhor João da Brama (que casou com a senhora Corina Viana), a irmã Consuelo Tojal que fundou a casa das irmãs de Jesus Crucificado em 1920. É sem dúvidas uma ilha de muitos contos e segredos sendo contados de geração em geração que emocionam nossos corações de ser filho de Brejo Grandes.
    ECONOMIA
    Algumas informacões sobre a economia e população da cidade. A cidade de Brejo Grande localizada no estado de Sergipe tem uma área de 148.9 de quilometros quadrados. A população total de Brejo Grande é de 7742 pessoas, sendo 3936 homens e 3806 mulheres. A população na área urbana de Brejo Grande SE é de 4022pessoas, já a população da árae rual é de 3720 pessoas. A Densidade demográfica de Brejo Grande SE é de 52.01. A densidade demegráfica é a medida expressada pela relação entre a população e a superfície do território, geralmente aplicada a seres humanos, mas também em outros seres vivos (comumente, animais). É geralmente expressada em habitantes por quilômetro quadrado. Veja mais no link a seguir Densidade Demográfica Wikipedia. Outra informação que temos sobre a população de Brejo Grande SE é que 33.94% tem entre 0 e 14 anos de idade; 59.8% tem entre 15 e 64 anos de idade; e 6.25% tem acima de 64 anos de idade. Conforme os dados, a maior população da cidade de Brejo Grande localizada no estado de Sergipe são as pessoas de 15 a 64 anos de idade, ou seja, existem mais adultos no município. Em termos de ecnomia isso é bom pois tem mais pessoas trabalhando e gerando riqueza para o país.

    Curso De Adestramento De Caes Brejo Dos Santos Pb

    Sobre Cursos EAD

    O Ensino a Distância (conhecido também como EAD) é uma nova alternativa de ensino que as pessoas têm encontrado para adquirir seu diploma - com horários e turnos de estudo flexíveis - e desta forma conquistar um bom emprego ou subir de cargo dentro de uma organização. O que levou à ascensão desta modalidade de Ensino foi a evolução tecnológica.

    A relação entre aluno e professor ocorre com a ajuda de ferramentas online, que são disponibilizadas no portal da Instituição de EAD escolhida.

    Com o EAD os caminhos entre o aluno e o diploma foram reduzidos, facilitando a vida daqueles que almejam o crescimento profissional, ou mesmo o reposicionamento na carreira.

    O EAD funciona de uma forma prática e simples. Para o ingresso em um curso EAD, o aluno precisa de um computador com acesso à internet e conhecimentos básicos de informática. Ao garantir esta primeira parte, o restante é mais simples ainda. Após a escolha do curso, da instituição e da aprovação no processo seletivo, faz-se o acesso ao site. Pronto, surge um ambiente inovador e dinâmico, onde serão disponibilizadas inúmeras ferramentas, como áreas com conteúdos de aulas, exercícios e trabalhos.

    O Ensino a Distância é a oportunidade para o crescimento pessoal e profissional com valor bem mais acessível que o de cursos privados presenciais, porém com o mesmo rigor de ensino e com diversas instituições a distância credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC).

    Além do mais, o governo tem investido no crescimento do EAD nas Universidades Públicas, o que acaba sendo um maior incentivo de profissionalização e especialização para aquelas pessoas que não podem pagar por este serviço.

    No EAD encontra-se uma variedade de cursos e instituições, que oferecem qualificação desde níveis técnicos até graduações e pós-graduações. Isto amplia muito mais o campo de atuação e leva oportunidade de aprendizado a pessoas em locais que não têm a possibilidade de cursar o ensino presencial.

    O EAD é visto como o elemento de união de pessoas que se encontram em locais distintos, mas que podem se relacionar em tempo real. A vontade de aprender e crescer profissionalmente depende de cada pessoa, mas o que não se pode negar é que hoje em dia existem muitas alternativas para o ingresso em uma instituição e realização de um curso que possibilite a obtenção e conquista de novos caminhos. O EAD veio para acabar com as barreiras existentes no desenvolvimento educacional profissionalizante no Brasil.