Curso de Adestramento de Cães em Cordeiros

 

 

Você você mora em Cordeiros Bahia
Aproveite Esta GRANDE OPORTUNIDADE para entrar no mercado de Adestramento de Cães

 

 

ATENÇÃO Veja no vídeo abaixo como um livro de apenas R$ 2,50 mudou minha vida profissional e pode MUDAR A SUA TAMBÉM

 

 

O Curso Adestramento A Jóia do Infinito é o único do mercado COM ...
* ANIMAÇÕES 3D * Presença de Aluno real * Didática de atendimento ao cliente * Simulação de adestrador atendendo cliente * Situações reais com cães desmotivados

 

Walkerdog

 

Curso Adestramento A Joia do Infinito RETORNO RÁPIDO!

Como Adestrador Formado no Curso Online do Centro Canino WalkerDog

você pode cobrar R$ 80,00 por hora de adestramento,

se fizer 4 horas por final de semana você


fatura em um único mês R$ 1280,00



 

comprar curso agora

 

compra segura hotmart

Compra 100% segura! Receba imediatamente seu acesso após a confirmação do pagamento.


hotmart

 

Veja Como Funciona o Curso

No Curso de Adestramento de Cães A Jóia do Infinito, oferecido pelo Centro Canino WalkerDog, você aprenderá as principais técnicas de Adestramento, aliando teoria e prática. O Curso é 100% online gravado em alta resolução com Animações 3D e participação de aluno real nas aulas práticas.

Aprenda também sobre o bem-estar animal, alimentação correta, psicologia e comportamento canino, interpretação da linguagem corporal dos cães, e mais:

Como evitar que o cão coma ou destrua objetos em casa;

Saiba como ensiná-lo a fazer as necessidades no local correto;

Aprenda técnicas e truques de adestramento, do básico ao avançado;

Conheça como é o treinamento de um cão de trabalho.

POR DENTRO DO CURSO

6 Módulos, mais de 20 Videoaulas com método exclusivo, animação 3D e aluno real.

CURSO 100% ONLINE

Você vai assistir no conforto da sua casa, a hora que você quiser, podendo ver e rever as aulas

AULAS REAIS

Aulas práticas gravadas com aluno real.

SUPORTE E ACOMPANHAMENTO

Você vai ter o suporte individual diretamente com o Adestrador Alex para tirar suas dúvidas através do grupo do Facebook.

CERTIFICADO DE CONCLUSÃO

Após assistir todas as aulas do curso, você receberá um lindo certificado provando a conclusão do curso, mostrando que você está preparado para trabalhar como adestrador de cães.

hotmart

 

Veja o que os alunos estão falando sobre o Curso

grade curricular

 

Conheça a GRADE CURRICULAR do curso

MÓDULO 01 APRESENTAÇÃO

  • Boas vidas e apresentação do curso de Adestramento A Jóia do Infinito

MÓDULO 02 CONHECENDO A HISTÓRIA E O COMPORTAMENTO CANINO

  • A história do relacionamento entre cães e humanos no Brasil.
  • Comportamento Canino

MÓDULO 03 ESTUDANDO OS CONCEITOS CIENTÍFICOS, E METODOLOGIAS

  • Conceitos
  • Reforço Positivo, Reforço Negativo e Punição

MÓDULO 04 DIDÁTICA PARA COM O CLIENTE E TÉCNICAS DE ADESTRAMENTO

  • Visita ao cliente, como agir
  • Entendendo o contexto para mudar o comportamento do cão
  • Carregamento do clicker

MÓDULO 05 INICIO DAS AULAS PRÁTICAS, CONCEITOS PARA EXTRAÇÃO DE COMANDOS

  • Carregar o clicker na prática
  • Como criar um aprendizado sem falhas
  • Como criar um aprendizado sem falhas, vídeo
  • Generalizando os comandos com indução (usando petisco perto do nariz como moeda de troca)
  • Carregamento da base, significado
  • Generalizando comandos troca de posições, senta, deita, de pé com contato (toque)
  • Generalizando cão inseguro
  • Descriminando comandos (descriminar é colocar comandos verbais)
  • Descriminando comandos Parte 2
  • Descriminando comandos Parte 3

MÓDULO 06 AULAS BÔNUS

  • Todo mês uma aula nova e exclusiva para os alunos

Walkerdog

 

Conheça o Adestrador Alexsandro Epping

 

Curso para Adestradores de Cães centro canino walkerdog Olá meu nome é Alexsandro Epping, sou proprietário do Centro Canino WalkerDog. Venho convidar você que assim como eu quer trabalhar com o que ama, TRABALHAR ADESTRANDO CÃES!

Sou Formado em comunicação e Marketing, atualmente curso História na Unicesumar e Gestão de Empresa na Anhanguera

Realizou os seguintes cursos:

  • Treinamento tático com cães. Local Quinto batalhão de suprimento Curitiba com Sub tenente Marcos Goes
  • Treinamento de busca e resgate com cães, faro de entorpecente, busca e captura. Local: Marau RS. Instrutores: sargento do POE Antonio Rodrigues, RS, instrutores da K9 do Uruguai, EUA e Colombia

  • Em 10 anos o instrutor Alex buscou mais de 30 cursos e seminários no Brasil e no exterior, sendo cursos e semanários no valor de R$ 2.000 a R$ 5.000,00. Como orientador na formação de adestradores de cães de guarda também se especializou na área da segurança em cursos homologados pela Polícia Federal e ainda buscou qualificação didática de e ensino superior como instrutor na formação de alunos em seguimentos como adestradores.

    Totalizando mais de R$50.000,00 investidos em conhecimento.

    E mais dezenas de cursos no qual já ganhou mérito de destaque como melhor aluno em turma de 21 alunos.

    Dados de atuação:
    O adestrador Alexsandro Epping é responsável pela formação de adestradores na WalkerDog, adestrador responsável pelo treinamento de cães condenados a eutanásia por vigilância sanitária de diversos municípios, adestrador do cães em treinamento da WalkerDog, palestrante sobre comportamento canino em várias empresas escolas técnicas e faculdades.

    Responsável pelo hotel/ creche da WalkerDog.
    Sua equipe são ex alunos de cursos da WalkerDog

     

    LEMBRA DA HISTÓRIA DO LIVRO?

    Aconteceu em 2010 ....

    Veja Como Está Nossa Estrutura HOJE!

    P.S.: não estou vendendo uma SOLUÇÃO MÁGICA, mas o conhecimento deste curso, aliado é muito trabalho e dedicação, pode se transformar em UMA JÓIA DO INFINITO

     

    Walkerdog

     

    HOJE VOCÊ TERÁ A OPORTUNIDADE ÚNICA DE ADQUIRIR O CURSO COMPLETO POR APENAS

     

    de R$ 697,00 valor normal

     

    12 x de R$ 48,42

     

    Menos de R$2,00 por dia.

     

    São MAIS DE R$ 50.000,00 investidos em conhecimento pelo adestrador Alex

    TUDO ISSO entregue no curso para você por um preço acessível

     

    comprar curso agora

     

    garantia 7 dias

     

    O RISCO é TODO MEU, Até 7 DIAS depois do pagamento, você pode cancelar por qualquer motivo, e devolvemos todo o valor pago.

    ONDE EU RECEBO O CURSO?

    Logo após a confirmação da sua compra, você irá receber no seu E-mail os dados de acesso ao curso online.

    FICOU COM ALGUMA DÚVIDA EM RELAÇÃO AO CURSO ONLINE?

    Chame nos nossos WHATSAPP (51) 9 97613537 (vivo) | (51) 9 91519690 (claro)


    Título: Curso de Adestramento de Cães em Cordeiros Bahia
    Criado em 28/05/2020 - Publicado em - Atualizado em 28/05/2020
    Centro Canino WalkerDog
    Centro Canino WalkerDog

    Conheça o Curso Banho e Tosa em Cordeiros BA

    Dados de Cordeiros - BA
    Area em km2= 535
    Populacao = 8168
    PIB Per Capta = R$ 0

    HISTORIA
    CAPITÃO MANOEL CORDEIRO DA SILVA Tudo começou com o Capitão Manoel Cordeiro da Silva, nascido em 1805 na cidade de Rio de Contas, estado da Bahia, era filho de portugueses que se instalaram na região das minas da cidade de rio de Contas, em meados de 1870 casou-se com uma jovem chamada Carlota Alves natural de Curralinho de Livramento atualmente Dom Basílio, a jovem pertencia às duas famílias mais importantes da cidade a Alves e a Gomes. O casal então fixou residência no município de Santo Antônio da Barra atualmente a cidade de Condeúba. Quando se estabilizou na cidade tornou-se um fazendeiro de grande influência em termos políticos e sociais, era respeitado por todos na comunidade onde vivia pelo seu caráter e dignidade. Homem bem sucedido, era dono de vastas extensões de terras onde desenvolvia a agricultura e a criação de gado. Residia com sua família na fazenda denominada Boa Vista que estava localizada ao sopé da serra das Inhaúmas. Sua esposa Carlota era fiel, dedicada e companheira firme e sempre ajudou o esposo, cuidava dos afazeres da casa e criação de seus dez filhos: Zeferino, Bernardino, Rodrigo, Joaquim, José, Manoel, Rita Angélica, Maria Rosa, Maria e Ana Maria. Com o passar dos anos o Capitão Manoel Cordeiro da Silva edificou uma capela pordespacho proferido em 10 de fevereiro de 1874 pelo Arcebispo D. Manoel Joaquim da Silva. Esta capela foi consagrada como Capela do senhor da Boa Vida, ela foi erguida a três léguas da cidade de santo Antônio da Barra, ficando concluída em 29 de Abril de 1876, no dia 20 de junho de 1883, foram colocadas as imagens sendo o santuário consagrado na data comemorativa de 11 de Agosto. Passando-se duas décadas, em 1894, surgiu outro povoado ao qual foi denominado pelo Capitão, de Candeal, devido em uma espécie de trigo que produz uma farinha muito alva, naquele tempo a cidade era o 7º Distrito de Condeúba e em 18 de Agosto de 1928 ele foi criado e registrado em ata pela lei nº 2145/1928, e em 10 de dezembro de 1928 houve a primeira eleição para juiz de paz no distrito de Candeal, sendo Roberto Alves de Oliveira (61 votos), Antonio José Pena (53), José Capuchinho (45 votos), Terêncio José de Oliveira (10 votos), Manoel Cordeiro de Oliveira (07 votos) e Marcolino José Ribeiro (06 votos), naquela época era um vai e vem de troca de poderes, o então prefeito da época, de Condeúba, para vingar do coronelismo da cidade de Candeal resolveu registrar aqui a cidade com o nome de uma arvore na qual era conhecida como pau sem folha,“MANDACARU”, com toda essa desunião houve antes da emancipação uma disputa por poderes e assim que emancipou, a eleição foi entre Joaquim Gonçalves ( que na época era vereador em Condeúba) e Jacinto Brás . Em novembro de 1938, pelo Decreto Lei nº 11.089, o Distrito de Candeal passou a se chamar de Cordeiros e em 1961, tornou-se um município autônomo, desmembrado do município de Condeúba, o nome Cordeiros foi em homenagem ao seu fundador Capitão Manoel Cordeiro da Silva, homenagem feita pelo então deputado Estadual Dr. José Ademário Pinheiro, em 1961 quando desmembrou a Vila. O Capitão Manoel Cordeiro da silva, faleceu aos oitenta e dois anos de idade, em sua fazenda Boa Vista no dia 05 de agosto de 1887, o mesmo foi sepultado na Capela do Senhor da Boa Vida que o mesmo mandou erguer, na sua lápide estava escrito “ Fundador não só do santuário como da cidade de Cordeiros” Então em 26 de Março de 1889, as 15 horas e 30 minutos aos setenta e dois anos de idade falece Dona Carlota Alves Cordeiro da Silva, esposa do capitão na fazenda Boa Vista. A mesma então foi sepultada na mesma capela ao lado do esposo. Hoje a capela já não existe mais, foi construída outra no local, e quanto ao cemitério onde estavam sepultados os ilustres cordeirenses também foi removida, não se sabe o que foi feito com as lápides e as ossadas retiradas na época. A capela depois de sua 1ª reforma, dentre inúmeros párocos que pela cidade passaram desde que foi construída, muitos contribuíram e destacaram como Padre Valdemar Moreira da Cunha, Dom Homero Leite Meira, Ladislau Klener, Darcílio, Paulo, Francisco, Vicente, Guiliano, Osvaldino, Waldech, Manoel, Antonio Alberto, Ademar e Tizziano. Referências ? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008  ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010  ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010  ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013  ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010  6.https://www.cordeiros.ba.gov.br/pagina/78_Historia-da-Cidade.html Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Portal do Brasil Obtida de "https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Cordeiros&oldid=52917028" Categoria: Municípios da Bahia Categorias ocultas: !Esboços maiores que 5000 bytes !Esboços sobre os municípios da Bahia
    ECONOMIA
    Algumas informacões sobre a economia e população da cidade. A cidade de Cordeiros localizada no estado de Bahia tem uma área de 535.5 de quilometros quadrados. A população total de Cordeiros é de 8168 pessoas, sendo 4048 homens e 4120 mulheres. A população na área urbana de Cordeiros BA é de 2551pessoas, já a população da árae rual é de 5617 pessoas. A Densidade demográfica de Cordeiros BA é de 15.25. A densidade demegráfica é a medida expressada pela relação entre a população e a superfície do território, geralmente aplicada a seres humanos, mas também em outros seres vivos (comumente, animais). É geralmente expressada em habitantes por quilômetro quadrado. Veja mais no link a seguir Densidade Demográfica Wikipedia. Outra informação que temos sobre a população de Cordeiros BA é que 23.71% tem entre 0 e 14 anos de idade; 65.71% tem entre 15 e 64 anos de idade; e 10.58% tem acima de 64 anos de idade. Conforme os dados, a maior população da cidade de Cordeiros localizada no estado de Bahia são as pessoas de 15 a 64 anos de idade, ou seja, existem mais adultos no município. Em termos de ecnomia isso é bom pois tem mais pessoas trabalhando e gerando riqueza para o país. CAPITÃO MANOEL CORDEIRO DA SILVA Tudo começou com o Capitão Manoel Cordeiro da Silva, nascido em 1805 na cidade de Rio de Contas, estado da Bahia, era filho de portugueses que se instalaram na região das minas da cidade de rio de Contas, em meados de 1870 casou-se com uma jovem chamada Carlota Alves natural de Curralinho de Livramento atualmente Dom Basílio, a jovem pertencia às duas famílias mais importantes da cidade a Alves e a Gomes. O casal então fixou residência no município de Santo Antônio da Barra atualmente a cidade de Condeúba. Quando se estabilizou na cidade tornou-se um fazendeiro de grande influência em termos políticos e sociais, era respeitado por todos na comunidade onde vivia pelo seu caráter e dignidade. Homem bem sucedido, era dono de vastas extensões de terras onde desenvolvia a agricultura e a criação de gado. Residia com sua família na fazenda denominada Boa Vista que estava localizada ao sopé da serra das Inhaúmas. Sua esposa Carlota era fiel, dedicada e companheira firme e sempre ajudou o esposo, cuidava dos afazeres da casa e criação de seus dez filhos: Zeferino, Bernardino, Rodrigo, Joaquim, José, Manoel, Rita Angélica, Maria Rosa, Maria e Ana Maria. Com o passar dos anos o Capitão Manoel Cordeiro da Silva edificou uma capela pordespacho proferido em 10 de fevereiro de 1874 pelo Arcebispo D. Manoel Joaquim da Silva. Esta capela foi consagrada como Capela do senhor da Boa Vida, ela foi erguida a três léguas da cidade de santo Antônio da Barra, ficando concluída em 29 de Abril de 1876, no dia 20 de junho de 1883, foram colocadas as imagens sendo o santuário consagrado na data comemorativa de 11 de Agosto. Passando-se duas décadas, em 1894, surgiu outro povoado ao qual foi denominado pelo Capitão, de Candeal, devido em uma espécie de trigo que produz uma farinha muito alva, naquele tempo a cidade era o 7º Distrito de Condeúba e em 18 de Agosto de 1928 ele foi criado e registrado em ata pela lei nº 2145/1928, e em 10 de dezembro de 1928 houve a primeira eleição para juiz de paz no distrito de Candeal, sendo Roberto Alves de Oliveira (61 votos), Antonio José Pena (53), José Capuchinho (45 votos), Terêncio José de Oliveira (10 votos), Manoel Cordeiro de Oliveira (07 votos) e Marcolino José Ribeiro (06 votos), naquela época era um vai e vem de troca de poderes, o então prefeito da época, de Condeúba, para vingar do coronelismo da cidade de Candeal resolveu registrar aqui a cidade com o nome de uma arvore na qual era conhecida como pau sem folha,“MANDACARU”, com toda essa desunião houve antes da emancipação uma disputa por poderes e assim que emancipou, a eleição foi entre Joaquim Gonçalves ( que na época era vereador em Condeúba) e Jacinto Brás . Em novembro de 1938, pelo Decreto Lei nº 11.089, o Distrito de Candeal passou a se chamar de Cordeiros e em 1961, tornou-se um município autônomo, desmembrado do município de Condeúba, o nome Cordeiros foi em homenagem ao seu fundador Capitão Manoel Cordeiro da Silva, homenagem feita pelo então deputado Estadual Dr. José Ademário Pinheiro, em 1961 quando desmembrou a Vila. O Capitão Manoel Cordeiro da silva, faleceu aos oitenta e dois anos de idade, em sua fazenda Boa Vista no dia 05 de agosto de 1887, o mesmo foi sepultado na Capela do Senhor da Boa Vida que o mesmo mandou erguer, na sua lápide estava escrito “ Fundador não só do santuário como da cidade de Cordeiros” Então em 26 de Março de 1889, as 15 horas e 30 minutos aos setenta e dois anos de idade falece Dona Carlota Alves Cordeiro da Silva, esposa do capitão na fazenda Boa Vista. A mesma então foi sepultada na mesma capela ao lado do esposo. Hoje a capela já não existe mais, foi construída outra no local, e quanto ao cemitério onde estavam sepultados os ilustres cordeirenses também foi removida, não se sabe o que foi feito com as lápides e as ossadas retiradas na época. A capela depois de sua 1ª reforma, dentre inúmeros párocos que pela cidade passaram desde que foi construída, muitos contribuíram e destacaram como Padre Valdemar Moreira da Cunha, Dom Homero Leite Meira, Ladislau Klener, Darcílio, Paulo, Francisco, Vicente, Guiliano, Osvaldino, Waldech, Manoel, Antonio Alberto, Ademar e Tizziano. Referências ? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008  ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010  ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010  ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013  ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010  6.https://www.cordeiros.ba.gov.br/pagina/78_Historia-da-Cidade.html Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Portal do Brasil Obtida de "https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Cordeiros&oldid=52917028" Categoria: Municípios da Bahia Categorias ocultas: !Esboços maiores que 5000 bytes !Esboços sobre os municípios da Bahia
    TURISMO
    CAPITÃO MANOEL CORDEIRO DA SILVA Tudo começou com o Capitão Manoel Cordeiro da Silva, nascido em 1805 na cidade de Rio de Contas, estado da Bahia, era filho de portugueses que se instalaram na região das minas da cidade de rio de Contas, em meados de 1870 casou-se com uma jovem chamada Carlota Alves natural de Curralinho de Livramento atualmente Dom Basílio, a jovem pertencia às duas famílias mais importantes da cidade a Alves e a Gomes. O casal então fixou residência no município de Santo Antônio da Barra atualmente a cidade de Condeúba. Quando se estabilizou na cidade tornou-se um fazendeiro de grande influência em termos políticos e sociais, era respeitado por todos na comunidade onde vivia pelo seu caráter e dignidade. Homem bem sucedido, era dono de vastas extensões de terras onde desenvolvia a agricultura e a criação de gado. Residia com sua família na fazenda denominada Boa Vista que estava localizada ao sopé da serra das Inhaúmas. Sua esposa Carlota era fiel, dedicada e companheira firme e sempre ajudou o esposo, cuidava dos afazeres da casa e criação de seus dez filhos: Zeferino, Bernardino, Rodrigo, Joaquim, José, Manoel, Rita Angélica, Maria Rosa, Maria e Ana Maria. Com o passar dos anos o Capitão Manoel Cordeiro da Silva edificou uma capela pordespacho proferido em 10 de fevereiro de 1874 pelo Arcebispo D. Manoel Joaquim da Silva. Esta capela foi consagrada como Capela do senhor da Boa Vida, ela foi erguida a três léguas da cidade de santo Antônio da Barra, ficando concluída em 29 de Abril de 1876, no dia 20 de junho de 1883, foram colocadas as imagens sendo o santuário consagrado na data comemorativa de 11 de Agosto. Passando-se duas décadas, em 1894, surgiu outro povoado ao qual foi denominado pelo Capitão, de Candeal, devido em uma espécie de trigo que produz uma farinha muito alva, naquele tempo a cidade era o 7º Distrito de Condeúba e em 18 de Agosto de 1928 ele foi criado e registrado em ata pela lei nº 2145/1928, e em 10 de dezembro de 1928 houve a primeira eleição para juiz de paz no distrito de Candeal, sendo Roberto Alves de Oliveira (61 votos), Antonio José Pena (53), José Capuchinho (45 votos), Terêncio José de Oliveira (10 votos), Manoel Cordeiro de Oliveira (07 votos) e Marcolino José Ribeiro (06 votos), naquela época era um vai e vem de troca de poderes, o então prefeito da época, de Condeúba, para vingar do coronelismo da cidade de Candeal resolveu registrar aqui a cidade com o nome de uma arvore na qual era conhecida como pau sem folha,“MANDACARU”, com toda essa desunião houve antes da emancipação uma disputa por poderes e assim que emancipou, a eleição foi entre Joaquim Gonçalves ( que na época era vereador em Condeúba) e Jacinto Brás . Em novembro de 1938, pelo Decreto Lei nº 11.089, o Distrito de Candeal passou a se chamar de Cordeiros e em 1961, tornou-se um município autônomo, desmembrado do município de Condeúba, o nome Cordeiros foi em homenagem ao seu fundador Capitão Manoel Cordeiro da Silva, homenagem feita pelo então deputado Estadual Dr. José Ademário Pinheiro, em 1961 quando desmembrou a Vila. O Capitão Manoel Cordeiro da silva, faleceu aos oitenta e dois anos de idade, em sua fazenda Boa Vista no dia 05 de agosto de 1887, o mesmo foi sepultado na Capela do Senhor da Boa Vida que o mesmo mandou erguer, na sua lápide estava escrito “ Fundador não só do santuário como da cidade de Cordeiros” Então em 26 de Março de 1889, as 15 horas e 30 minutos aos setenta e dois anos de idade falece Dona Carlota Alves Cordeiro da Silva, esposa do capitão na fazenda Boa Vista. A mesma então foi sepultada na mesma capela ao lado do esposo. Hoje a capela já não existe mais, foi construída outra no local, e quanto ao cemitério onde estavam sepultados os ilustres cordeirenses também foi removida, não se sabe o que foi feito com as lápides e as ossadas retiradas na época. A capela depois de sua 1ª reforma, dentre inúmeros párocos que pela cidade passaram desde que foi construída, muitos contribuíram e destacaram como Padre Valdemar Moreira da Cunha, Dom Homero Leite Meira, Ladislau Klener, Darcílio, Paulo, Francisco, Vicente, Guiliano, Osvaldino, Waldech, Manoel, Antonio Alberto, Ademar e Tizziano. Referências ? a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008  ? IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010  ? «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010  ? «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013  ? a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010  6.https://www.cordeiros.ba.gov.br/pagina/78_Historia-da-Cidade.html Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Portal do Brasil Obtida de "https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Cordeiros&oldid=52917028" Categoria: Municípios da Bahia Categorias ocultas: !Esboços maiores que 5000 bytes !Esboços sobre os municípios da Bahia

    Curso De Adestramento De Caes Cordeiropolis Sp

    Sobre Cursos EAD

    A Educação a Distância é a modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos. Esta definição está presente no Decreto 5.622, de 19.12.2005 (que revoga o Decreto 2.494/98), que regulamenta o Art. 80 da Lei 9.394/96 (LDB) .

    Conforme previsto no Art. 80 da Lei 9.394/96 (LDB), a instituição interessada em oferecer cursos superiores a distância precisa solicitar credenciamento específico à União.