Curso de Adestramento de Cães em Guajeru

 

 

Você você mora em Guajeru Bahia
Aproveite Esta GRANDE OPORTUNIDADE para entrar no mercado de Adestramento de Cães

 

 

ATENÇÃO Veja no vídeo abaixo como um livro de apenas R$ 2,50 mudou minha vida profissional e pode MUDAR A SUA TAMBÉM

 

 

O Curso Adestramento A Jóia do Infinito é o único do mercado COM ...
* ANIMAÇÕES 3D * Presença de Aluno real * Didática de atendimento ao cliente * Simulação de adestrador atendendo cliente * Situações reais com cães desmotivados

 

Walkerdog

 

Curso Adestramento A Joia do Infinito RETORNO RÁPIDO!

Como Adestrador Formado no Curso Online do Centro Canino WalkerDog

você pode cobrar R$ 80,00 por hora de adestramento,

se fizer 4 horas por final de semana você


fatura em um único mês R$ 1280,00



 

comprar curso agora

 

compra segura hotmart

Compra 100% segura! Receba imediatamente seu acesso após a confirmação do pagamento.


hotmart

 

Veja Como Funciona o Curso

No Curso de Adestramento de Cães A Jóia do Infinito, oferecido pelo Centro Canino WalkerDog, você aprenderá as principais técnicas de Adestramento, aliando teoria e prática. O Curso é 100% online gravado em alta resolução com Animações 3D e participação de aluno real nas aulas práticas.

Aprenda também sobre o bem-estar animal, alimentação correta, psicologia e comportamento canino, interpretação da linguagem corporal dos cães, e mais:

Como evitar que o cão coma ou destrua objetos em casa;

Saiba como ensiná-lo a fazer as necessidades no local correto;

Aprenda técnicas e truques de adestramento, do básico ao avançado;

Conheça como é o treinamento de um cão de trabalho.

POR DENTRO DO CURSO

6 Módulos, mais de 20 Videoaulas com método exclusivo, animação 3D e aluno real.

CURSO 100% ONLINE

Você vai assistir no conforto da sua casa, a hora que você quiser, podendo ver e rever as aulas

AULAS REAIS

Aulas práticas gravadas com aluno real.

SUPORTE E ACOMPANHAMENTO

Você vai ter o suporte individual diretamente com o Adestrador Alex para tirar suas dúvidas através do grupo do Facebook.

CERTIFICADO DE CONCLUSÃO

Após assistir todas as aulas do curso, você receberá um lindo certificado provando a conclusão do curso, mostrando que você está preparado para trabalhar como adestrador de cães.

hotmart

 

Veja o que os alunos estão falando sobre o Curso

grade curricular

 

Conheça a GRADE CURRICULAR do curso

MÓDULO 01 APRESENTAÇÃO

  • Boas vidas e apresentação do curso de Adestramento A Jóia do Infinito

MÓDULO 02 CONHECENDO A HISTÓRIA E O COMPORTAMENTO CANINO

  • A história do relacionamento entre cães e humanos no Brasil.
  • Comportamento Canino

MÓDULO 03 ESTUDANDO OS CONCEITOS CIENTÍFICOS, E METODOLOGIAS

  • Conceitos
  • Reforço Positivo, Reforço Negativo e Punição

MÓDULO 04 DIDÁTICA PARA COM O CLIENTE E TÉCNICAS DE ADESTRAMENTO

  • Visita ao cliente, como agir
  • Entendendo o contexto para mudar o comportamento do cão
  • Carregamento do clicker

MÓDULO 05 INICIO DAS AULAS PRÁTICAS, CONCEITOS PARA EXTRAÇÃO DE COMANDOS

  • Carregar o clicker na prática
  • Como criar um aprendizado sem falhas
  • Como criar um aprendizado sem falhas, vídeo
  • Generalizando os comandos com indução (usando petisco perto do nariz como moeda de troca)
  • Carregamento da base, significado
  • Generalizando comandos troca de posições, senta, deita, de pé com contato (toque)
  • Generalizando cão inseguro
  • Descriminando comandos (descriminar é colocar comandos verbais)
  • Descriminando comandos Parte 2
  • Descriminando comandos Parte 3

MÓDULO 06 AULAS BÔNUS

  • Todo mês uma aula nova e exclusiva para os alunos

Walkerdog

 

Conheça o Adestrador Alexsandro Epping

 

Curso para Adestradores de Cães centro canino walkerdog Olá meu nome é Alexsandro Epping, sou proprietário do Centro Canino WalkerDog. Venho convidar você que assim como eu quer trabalhar com o que ama, TRABALHAR ADESTRANDO CÃES!

Sou Formado em comunicação e Marketing, atualmente curso História na Unicesumar e Gestão de Empresa na Anhanguera

Realizou os seguintes cursos:

  • Treinamento tático com cães. Local Quinto batalhão de suprimento Curitiba com Sub tenente Marcos Goes
  • Treinamento de busca e resgate com cães, faro de entorpecente, busca e captura. Local: Marau RS. Instrutores: sargento do POE Antonio Rodrigues, RS, instrutores da K9 do Uruguai, EUA e Colombia

  • Em 10 anos o instrutor Alex buscou mais de 30 cursos e seminários no Brasil e no exterior, sendo cursos e semanários no valor de R$ 2.000 a R$ 5.000,00. Como orientador na formação de adestradores de cães de guarda também se especializou na área da segurança em cursos homologados pela Polícia Federal e ainda buscou qualificação didática de e ensino superior como instrutor na formação de alunos em seguimentos como adestradores.

    Totalizando mais de R$50.000,00 investidos em conhecimento.

    E mais dezenas de cursos no qual já ganhou mérito de destaque como melhor aluno em turma de 21 alunos.

    Dados de atuação:
    O adestrador Alexsandro Epping é responsável pela formação de adestradores na WalkerDog, adestrador responsável pelo treinamento de cães condenados a eutanásia por vigilância sanitária de diversos municípios, adestrador do cães em treinamento da WalkerDog, palestrante sobre comportamento canino em várias empresas escolas técnicas e faculdades.

    Responsável pelo hotel/ creche da WalkerDog.
    Sua equipe são ex alunos de cursos da WalkerDog

     

    LEMBRA DA HISTÓRIA DO LIVRO?

    Aconteceu em 2010 ....

    Veja Como Está Nossa Estrutura HOJE!

    P.S.: não estou vendendo uma SOLUÇÃO MÁGICA, mas o conhecimento deste curso, aliado é muito trabalho e dedicação, pode se transformar em UMA JÓIA DO INFINITO

     

    Walkerdog

     

    HOJE VOCÊ TERÁ A OPORTUNIDADE ÚNICA DE ADQUIRIR O CURSO COMPLETO POR APENAS

     

    de R$ 697,00 valor normal

     

    12 x de R$ 48,42

     

    Menos de R$2,00 por dia.

     

    São MAIS DE R$ 50.000,00 investidos em conhecimento pelo adestrador Alex

    TUDO ISSO entregue no curso para você por um preço acessível

     

    comprar curso agora

     

    garantia 7 dias

     

    O RISCO é TODO MEU, Até 7 DIAS depois do pagamento, você pode cancelar por qualquer motivo, e devolvemos todo o valor pago.

    ONDE EU RECEBO O CURSO?

    Logo após a confirmação da sua compra, você irá receber no seu E-mail os dados de acesso ao curso online.

    FICOU COM ALGUMA DÚVIDA EM RELAÇÃO AO CURSO ONLINE?

    Chame nos nossos WHATSAPP (51) 9 97613537 (vivo) | (51) 9 91519690 (claro)


    Título: Curso de Adestramento de Cães em Guajeru Bahia
    Criado em 28/05/2020 - Publicado em - Atualizado em 28/05/2020
    Centro Canino WalkerDog
    Centro Canino WalkerDog

    Conheça o Curso Banho e Tosa em Guajeru BA

    Dados de Guajeru - BA
    Area em km2= 936
    Populacao = 10412
    PIB Per Capta = R$ 0

    HISTORIA
    Etimologia O nome Guajeru é de origem indígena Tupi-guarani, língua falada pelos primitivos habitantes do litoral brasileiro. Segundo o estudioso Antonio Houaiss, provém do vocábulo ïwayu'ru, denominação dada pelos indígenas. O termo Guajeru também é comumente utilizado para designar plantas da família das rosáceas (Chrysobalanus icaco). Pequenas árvores de regiões tropicais da América e da África com flores em racemos e pequenos frutos comestíveis. O topônimo Guajeru foi adotado em 5 de fevereiro de 1944, por ocasião da reforma toponímica nacional, em substituição a Santa Rosa do Panasco, o antigo nome do distrito que pertencia ao município de Condeúba. As origens históricas do município de Guajeru remontam ao período de exploração e povoamento do “Alto Sertão da Serra Geral da Bahia” iniciando em fins do século18, quando o Rei de Portugal concedeu ao nobre Antônio Guedes de Brito, uma “sesmaria” no Alto Sertão, dando ao mesmo poder para explorar as terras a procura de ouro e de outros metais preciosos e dar início à criação de gado na região. Aliás, todas as terras do sertão baiano foram doadas a duas famílias da mais alta fidalguia portuguesa: Os Garcia d’Ávila (proprietários da Casa da Torre) e os Guedes de Brito. Ambas encarregaram-se de introduzir a pecuária na região com a criação extensiva do gado vacum, desse modo, a procura por pastagens fez com que o sertão fosse explorado e povoado. As terras do “Alto sertão”, onde se localiza hoje o município de Guajeru, bem como todos os municípios vizinhos, pertenciam à propriedade da família Guedes de Brito, e, antes da chegada dos portugueses à região, os habitantes nativos eram índios de diversas tribos: Mongoiós, Pataxós e Ymborés (denominados Botocudos pelos portugueses). O povoamento da região do atual município de Guajeru está diretamente ligado à exploração das minas do Rio de Contas, iniciada em meados do século18. Com a descoberta de ouro na Chapada Diamantina um enorme fluxo populacional deslocou-se da região das Minas Novas (Norte de Minas Gerais) e de Goiás para o Alto Sertão baiano, muitas pessoas que vieram a procura de riqueza fixaram morada e permaneceram na região o que deu origem à fazendas e povoados. Além disso, a região do atual município de Guajeru no século XVIII era caminho de passagem de viajantes e tropeiros que se deslocavam das Minas Novas, Norte de Minas Gerais, para a região de Rio de Contas. O povoado de Santa Rosa (atual município de Guajeru) provavelmente se formou no início do século19, documentos atestam que este já existia quando o povoado de Santo Antônio da Barra (hoje Condeúba) foi elevado a categoria de vila em 1860; os primeiros moradores fixaram-se no local quando a região ainda pertencia à vila de Caetité. Os arquivos do Cartório de Registro Civil de Guajeru atestam que desde as primeiras décadas do século, 19 havia várias famílias morando em fazendas que atualmente fazem parte do município Há registros de nascimento, de óbitos e de propriedades agrícolas pertencentes a elas. As povoações mais antigas foram erguidas em áreas que atualmente compreende a zona rural, dentre essas merece destaque Curraes Velhos, o lugarejo é citado nos documentos mais antigos e segundo consta, na segunda metade do século XIX já era um próspero povoado. Pela Resolução nº 1.411 de 7 de Maio de 1874 do Conselho Provincial foram criados mais dois distritos de paz para a vila de Santo Antônio da Barra: Um na subdelegacia de S. Gonçalo das Lages e outro na subdelegacia dos Curraes Velhos, com a denominação de Santa Rosa e Curraes Velhos. Após a Proclamação da República, o Conselho Municipal de Santo Antônio da Barra assinou Decreto lei nº 4 de 16 de fevereiro de 1893, nomeando Santa Rosa como quarto distrito, com esse decreto Curraes Velho perdeu status e passou a ser simples povoado, quanto ao Arraial de Santa Rosa o mesmo foi elevado e tornou-se o único distrito de paz da região, sendo que Curraes Velhos passou a partir daquela data a estar submetido a ele. O atual município de Condeúba nessa época possuía os seguintes distritos: 1º a sede compreendendo o Candeal; 2º São João do Alípio; 3º São Filipe; 4º Santa Rosa. Os limites do distrito de Santa Rosa foram estabelecidos pela Lei nº 94 de 18 de maio de 1923 do Conselho Municipal de Condeúba, confirmada por lei estadual assinada pelo governador José Joaquim Seabra – Lei nº 1.711, de 10 de Julho de 1924. São esses os limites: Do Morro de São domingos, pelo convênio de limites deste município com o de Jacaraci, até a Lagoa do Morro; dali pelo convênio de limites deste município com o de Caculé até o Morro Alto, dali pelo convênio de limites ainda deste município com o de Bom Jesus dos Meiras (atual Brumado) até a casa da fazenda Sant’Ana, dali pela estrada real que passa pelo jardim até o lugar denominado “Gerema”, deste ponto pelos altos da serra da “Gerema” até a passagem do “Riachão”, e dali rumo direto ao ponto de partida. A povoação que deu origem a atual município se formou a beira da estrada por onde passavam viajantes e aventureiros que partiam do Norte de Minas Gerais em direção a Chapada Diamantina. As primeiras edificações foram erguidas no lugar que a população atual denomina “Rua velha”. Em 1875, moradores da fazenda Posse com o apoio da família Porto, uma antiga família que residia no povoado, deram início à construção de uma capela no planalto próximo às residências. Com o tempo, várias construções foram feitas ao redor da capela e duas ruas começaram a se formar. A antiga povoação foi abandonada e um novo povoado começou a se formar ao lado da Igreja. O estudioso Nestor Evangelista de Carvalho na obra “Breve Noticia do Município de Condeúba” afirma que a ideia de se transferir o povoado para o planalto onde está erguida o atual município partiu dos antigos moradores Estanislau Ferreira Porto e Jesuíno Pereira de Souza. Estes fizeram uma petição ao Conselho Municipal que nomeou uma comissão para aprovar a mudança. As primeiras casas foram construídas por Estanislau Porto, Jesuíno Pereira de Souza e Clemente Soares. A mudança do povoado teve início no final do século XIX, consta que na segunda década do século20 próximo a igreja já havia aproximadamente quarenta e duas residências de platibandas e cornijas, um mercado público e um edifício municipal. Por volta de 1920 o distrito de Santa Rosa já alcançava razoável progresso, a cultura mais desenvolvida era o algodão e existia já no mesmo diversos estabelecimentos comerciais. O povoado que deu origem ao atual município de Guajeru ganhou importância e tornou-se próspero a partir de 1874 quando foi elevado a quarto distrito de Santo Antônio da Barra com a denominação de Santa Rosa dos Curraes Velhos. O topônimo Panasco não consta em nenhum documento antigo, entretanto, relatos orais garantem que este termo era utilizado para designar o arraial situado a 48 km da sede do município. Ao que parece, Panasco era uma denominação popular não reconhecida pelos órgãos oficiais. Os documentos do final do século XIX que fazem referência ao distrito o chamam de “Arraial de Santa Rosa” ou simplesmente Santa Rosa. Em meados do século XIX havia na região do atual município de Guajeru inúmeras fazendas e povoados. Os arquivos do cartório indicam que as povoações mais prósperas nesse período eram: Curraes Velhos, Congonha, Mucambo, Lagoa do Badico, Posse, Periperi, Lagoa do Canto, Santo Antônio (antiga povoação às margens do Rio do Antônio) Batalha, Lagoinha, Descoberto e Gado Bravo. Entre as figuras mais ilustres que residiram no distrito de Santa Rosa nas últimas décadas do século XIX e primórdios do século XX vale citar: Manoel José de Novais, Jesuíno Pereira de Souza, Altino Pinheiro Canguçu, Ramiro José Ribeiro, Ladislau de Souza Brito, Miguel Padre e vários membros da família Porto, sendo os mais ilustres: Rodrigo Ferreira Porto (patriarca) e a esposa Luzia Maria de Jesus (matriarca), Estanislau Ferreira Porto (popularmente conhecido como Dilau Porto), Marcionillo Ferreira Porto, Martiniano Ferreira Porto, Domingos Ferreira Porto, Agnério Ferreira Porto e José Ferreira Porto (Juca Porto). O município de Guajeru passou a figurar no cenário político em 1911, quando então o povoado de Santa Rosa do Panasco passou a fazer parte da Divisão Administrativa do Município de Condeúba, como um de seus vários distritos da época. Sua história confunde-se com a deste município, explorado, no início do século18, pelos portugueses em busca de riquezas minerais. A criação do município de Guajeru foi decretada pela Lei Estadual nº. 4402 de 25 de fevereiro de 1985 assinada pelo então governador do estado da Bahia João Durval Carneiro. A mudança do povoado[editar | editar código-fonte] Um dos acontecimentos mais marcantes e decisivos para o distrito de Santa Rosa foi a mudança do povoado que servia de sede, ocorrida entre os anos de 1918 a 1922. O antigo povoado ficava distante da capela que fora construída entre 1875 e 1876, era desejo dos moradores terem suas residências mais próximas do templo, desse modo, decidiram erguer novas construções próximo a ele; de imediato, duas ruas foram formadas. Os moradores que lideraram a mudança da povoação foram os seguintes: Manoel José de Novais, Jesuíno Pereira de Souza, João Soares Malta, Estanislau Ferreira Porto e Clemente Soares. Inscrições encontradas em paredes internas de algumas casas situadas próximas à igreja indicam que elas foram edificadas em 1920. Nestor de Carvalho, na “Breve Notícia sobre o município de Condeúba”, ao referir-se à sede do distrito de Santa Rosa em 1924, diz o seguinte: “É um povoado florescente e de novas construções”. Isso indica que nessa época a sede do distrito estava em pleno crescimento, muitas construções estavam sendo edificadas e a cidade se formando com residências e estabelecimentos comerciais.
    ECONOMIA
    Algumas informacões sobre a economia e população da cidade. A cidade de Guajeru localizada no estado de Bahia tem uma área de 936.1 de quilometros quadrados. A população total de Guajeru é de 10412 pessoas, sendo 5242 homens e 5170 mulheres. A população na área urbana de Guajeru BA é de 2077pessoas, já a população da árae rual é de 8335 pessoas. A Densidade demográfica de Guajeru BA é de 11.12. A densidade demegráfica é a medida expressada pela relação entre a população e a superfície do território, geralmente aplicada a seres humanos, mas também em outros seres vivos (comumente, animais). É geralmente expressada em habitantes por quilômetro quadrado. Veja mais no link a seguir Densidade Demográfica Wikipedia. Outra informação que temos sobre a população de Guajeru BA é que 23.49% tem entre 0 e 14 anos de idade; 65.04% tem entre 15 e 64 anos de idade; e 11.47% tem acima de 64 anos de idade. Conforme os dados, a maior população da cidade de Guajeru localizada no estado de Bahia são as pessoas de 15 a 64 anos de idade, ou seja, existem mais adultos no município. Em termos de ecnomia isso é bom pois tem mais pessoas trabalhando e gerando riqueza para o país. 1 História 1.1 A mudança do povoado 2 Expansão econômica 3 Geografia 3.1 Municípios limítrofes 3.2 Clima 3.3 Vegetação 3.4 Hidrografia 3.5 Relevo 4 Religião 4.1 Outras histórias 5 Infraestrutura 5.1 Transportes 6 Turismo 7 Cultura 8 Feriados municipais 9 Referências 10 Ligações externas
    TURISMO
    O município de Guajeru geograficamente está situado no Alto Sertão baiano em uma região de vegetação típica da caatinga. Entre suas paisagens naturais de maior destaque pode-se citar: O Rio do Antônio – este rio atravessa a área rural do município, na localidade denominada Poço da pedra há uma barragem e próximo à mesma existem cachoeiras. O Morro do Incó – uma das serras mais altas do município, há inúmeras pedreiras que podem ser visitadas. O ponto mais visitado fica no povoado de Serra Linda, desse local pode-se ter uma visão privilegiada de toda a região. A Pedra Redonda – enorme formação rochosa localizada na região sul do município, nessa pedra há marcas pré-históricas que se assemelham a rastros deixados por dinossauros. O jenipapo – árvore centenária plantada pela família Porto no início da construção da cidade. Essa árvore está localizada na praça principal – a Praça da Feira. Por seu valor histórico é considerada o cartão postal do município.

    Curso De Adestramento De Caes Guajara Mirim Ro

    Sobre Cursos EAD

    Um curso EAD basicamente é um curso disponibilizado na Internet por intermédio de algum sistema de gestão de aprendizagem (LMS) ou algum outro canal com este propósito. O questionamento sobre o que é um curso EAD é bastante simples e direto.

    Podemos dizer que um curso EAD representa muito além do que uma aula gravada e disponibilizada de forma online na Internet, visto que ele representa uma grande inovação em termos de educação como um todo, trazendo diversos benefícios para quem o utiliza.

    Geralmente, um curso EAD se baseia em uma linguagem bastante convidativa e moderna, com o intuito de fazer com que o seu público alvo consuma seu conteúdo da maneira mais eficaz possível. Com um curso EAD, qualquer pessoa que tenha acesso à Internet pode ser impactado positivamente e conquistar novas habilidades e competências.